Você sabe o que é pobreza menstrual?
O termo pobreza menstrual surge com a proposta de debater os efeitos da desigualdade social para as pessoas que menstruam.
A falta de acesso à água e saneamento básico, afeta diretamente os indivíduos que vivem em condições de ruas, campos de refugiados e em situação de pobreza.
pobreza menstrual
A pobreza menstrual atinge mais de 500 milhões de meninas e mulheres ao redor mundo.
 
Imagine, você está menstruada e não tem acesso aos seus produtos básicos de higiene menstrual. O que você faria? Agora imagina ter que lidar com essa situação toda vez que menstruar!
 
Muitas comunidades do Brasil e do mundo ainda tem dificuldades de acesso a produtos de higiene, comprometendo parte significativa da renda mensal ou tendo que optar por métodos não seguros como panos velhos, jornais e até mesmo miolos de pão!
O coletor menstrual e o absorvente de pano facilitam a vida das pessoas em idade fértil. Durante muitos anos elas não vão precisar se preocupar com a menstruação. Isso não apenas gera saúde, mas confiança e dignidade.
 
Uma em cada quatro jovens no Brasil não tem acesso a produtos menstruais, segundo a Reuters. 65% das meninas pesquisadas no país são negras e 25% já faltaram à escola por não ter acesso a itens de higiene íntima.
 
Meninas deixam de frequentar a escola, mulheres precisam lidar com o estigma da menstruação e muitas colocam a saúde em risco ao recorrerem a soluções improvisadas como retalhos de pano, jornais e até mesmo miolo de pāo durante o período menstrual.
 
Além dos impactos na saúde física,ocorrem consequências na saúde mental dessas mulheres cis,homens trans e outras tantas. O estigma sobre a menstruação, impede que esse processo natural, seja visto como sinal de saúde.
 
A pobreza menstrual reforça a ideia negativa sobre a menstruação, já que, durante o período menstrual, a qualidade de vida dessas pessoas se tornam mais prejudicadas.
Esse tema tão importante é uma questão de saúde pública!
 
Não podemos esquecer que o custo da menstruação é alto demais para quem tem pouco. 
pobreza menstrual
E o que podemos fazer para combater a pobreza menstrual?
  • Quebrar o tabu e falar sobre menstruação.
  • Buscar informação sobre o assunto.
  • Exigir políticas públicas para dignidade menstrual.
  • Apoiar iniciativas de arrecadação e distribuição de produtos de higiene.
Um dos primeiro passos é normalizar a menstruação, afinal de contas ela é um processo natural do nosso corpo. Uma forma de fazer isso é acolher e informar meninas a respeito do tema antes mesmo da primeira menstruação.
pobreza menstrual
Corre no site e adquira o seu! Ajude a mudar esse cenário!

Related Posts

Chakra Coronário: sétimo Chakra
O que é o Chakra Coronário? O sétimo Chakra, ou Chakra Coronário situa-se no topo da cabeça, bem no centro, e é tamb...
Read More
Chakra Frontal: sexto chakra
O que é o Chakra Frontal? O sexto Chakra é também chamado de Chakra Frontal, Terceiro Olho, terceira visão ou Ajna, ...
Read More
Você conhece o conceito da Saúde Holística?
Você sabia que o conceito de saúde holística nada mais é que tratar o ser humano em todas as suas dimensões: física, ...
Read More

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados